16 outubro, 2013

chuvinha

Aiii que raio de chuva. Eu queria frio, mas não queria chuva! Tão incómoda, raios. Estou cansada, apesar de não ter feito praticamente nada, hoje. Ontem tive o primeiro teste, mas não estava com muita vontade de vir ao meu cantiinho, enfiei-me na cama cedo e só queria ouvir música e deprimir, coisas que eu gosto. Não correu bem, mas também não correu mal de todo. Irónico é que já sei que vou tirar nega, até porque a prof tem a mania de dar a mesma nota em todos os testes, pelo que dizem ela não os corrige. É que por mais irónico que possa parecer, é verdade que as notas nunca são muito diferentes umas das outras, comecei com 9, e acabei com 10, e tenho a certeza de que tenho alguns testes com melhor nota, mas enfim, já não a posso ouvir. É que quando embirro com uma pessoa, não há volta a dar. Parece que está a dar aulas aos meninos da pré-primária. Tipo, quando alguém lhes está a ensinar a ler. Ela começa a palavra, e nós temos de acabá-la, por exemplo ela diz "foi na primeira guerra mun..." e a turma diz em coro "diaaaal", e mesmo que ninguém o diga em voz alta, por muito que não queiramos o nosso cérebro fá-lo. Que nervos! E não é capaz de explicar uma palavra que nós não tenhamos percebido ou não saibamos o significado. Mas que raio?! Ela está lá para ensinar ou para nos atirar à cara que somos obrigados a saber tudo antes de nascer?! É que pela maneira que ela fala, parece mesmo. Deve ter nascido noutra vida, ainda deve pensar que lemos a matéria toda no dia anterior para chegar à aula e saber tudo. E era, lol. Mas pronto, logo se verá como corre. É que quando começo a falar de alguma coisa que me irrita, nunca mais me calo, por isso é melhor mudar de assunto, senão ainda vou estragar alguma tecla do pc, com os nervos. Agora quero é ir para o quentinho, visto que a constipação está a começar. Só me apetece dormir. Até amanhã, ou depois...

1 comentário:

  1. O bom da chuva mesmo é que sabe bem se ficarmos em casa a descansar..
    R: Não consigo voltar a lutar por mim :/ Não agora.. Faço falta não sei para quê..

    ResponderEliminar